Social Icons

30 de abril de 2012

Não Temas, porque EU TE ESCOLHI!!


Não Temas Porque Eu Te Escolhi!


Mas agora, assim diz o Senhor que te criou, ó Jacó, e que formou ó Israel: Não temas porque eu te remi; chamei-te pelo nome; tu és meu. Quando passares pelas águas, estarei contigo, e quando passares pelos rios, eles não te submergirão.
Quando passares pelo fogo, não te queimarás, nem a chama arderá em ti.
Pois eu sou o Senhor teu Deus, o Santo de Israel, o teu Salvador.(Isaías 43.1-3)


Introdução.
O Senhor Jesus diz: Não fostes vós que me escolhestes, Eu escolhi a vós. No momento em que aceitamos a Cristo foi ele quem nos escolheu,  a partir daí estamos na total responsabilidade de Deus e não precisamos temer a nada porque Ele está conosco. 

O que tem te causado medo?
É a chamada para o ministério? Você tem sido chamadoª, mas tem medo de atender o chamado do Senhor porque se sente incapaz? O medo é algo normal nessa situação pois a responsabilidade de fazer a obra de Deus é muito grande, e isso não acontece só com você. O profeta Jeremias, quando chamado por Deus para fazer sua obra, também sentiu medo, ele disse: "Eu não sei falar, não passo de uma criança..." Jeremias se sentia incapaz e se achava muito novo pra tamanha responsabilidade, mas Deus disse: "Não digas que não sabes falar, que não passas de uma criança, pois a onde eu te enviar irás, e o que te mandar falar dirás, eu colocarei palavras em tua boca e te livrarei de todo mal."(Jeremias.1.1-8)
O mesmo que Deus disse para Jeremias, ele diz para você hoje: "Não temas porque eu te escolhi, eu te capacito!" Meu queridoª, não tenha medo, se coloque a disposição de Deus, na total dependência dele, que Ele vai te usar, te capacitar, colocar palavras em tua boca, tão somente se lance que Deus é contigo porque foi ele quem te escolheu; há um ditado que gosto muito, que diz assim: "Deus não escolhe os capacitados, ele capacita os escolhidos." 
Talves, você esteja com medo de perder a batalha da vida, você tem travado muitas lutas no seu lar, no trabalho, na escola, lutas no seu ministério dentro da própria igreja, lutas espirituais, tipo, tentações o diabo tem se levantado contra você, e você está com medo de não resistir, pois os pensamento de desistência tem passado em sua mente, você está a ponto de entregar os pontos, de jogar a toalha, mas o Espírito Santo te diz hoje:" Não desista, lembre-se que tu és um escolhido de Deus, você foi separado para ser santo e vitorioso, creia que Eu sou contigo, tão somente seja corajoso, resista e siga em frente pois a sua vitória está na perseverança." Queridoª, não desista, persevere na sua santidade e fidelidade a Deus.
Talves, você tem tido medo da morte, tem crente que tem um medo que se pela da morte, todo ser vivo nasce, cresce, se reproduz e morre, é a lei da natureza, para o homem não era para ser assim, mas por causa do pecado a morte física faz parte de toda humanidade, por isso se Jesus não nos arrebatar, isto é, se não ficarmos para o arrebatamento, todos iremos passar por esse processo. Talves há em seu coração um medo muito grande da morte, isso talves causado pela incerteza da sua eternidade, isto é, você não tem certeza se vai para o céu ou não, se é assim, você precisa refletir sobre isso, porque o salvo tem certeza da sua salvação, pois a Palavra de Deus diz que, o Espírito Santo testifica com o nosso espírito que somos filhos de Deus, isto é, quando a pessoa nasce de Deus o Espírito Santo diz em seu coração que ela é salva.
A morte é algo bom para o salvo, ela é preciosa ao olhos de Deus, a Palavra de Deus diz: "Preciosa é à vista do Senhor a morte dos seus santos,"(Salmos.116.15). A morte é o ponto de partida e de chegada, isto é, o indivíduo salvo parte deste mundo cruel e sujo, e chega nos braços do Senhor Jesus para viver eternamente com ele, livre de toda dor, de todo pranto para viver na felicidade eterna. Pois quem crê em Cristo ainda que esteja morto viverá. E todo aquele vive e crê em Jesus, nunca morrerá; é promessa do Senhor Jesus, promessa de vida eterna. O apóstolo Paulo dizia:" ...Porque para mim o morrer é lucro e o viver é Cristo;" a morte era algo bom, lucrativo para o apóstolo Paulo, porque ele sabia que ao morrer iria para os braços do Pai. Portanto, se você teme a morte, pessa a Deus que te liberte desse medo, reveja os seus conceitos, volte ao primeiro amor se preciso for, arrependa-se, reconcilia-te com Deus e você ficará livre desse mal, e terá a certeza da sua salvação.
O que tem te causado medo, é a solidão? Talves as pessoas que você mais ama têm te desamparado, e você tem se sentido só, você tem sido ameaçadoª de abandono pelo seu cônjuge e você está com medo de ficar sozinhoª, talvez na sua casa é só você e Deus, e essa solidão tem te causado um pavor muito grande, o Espírito Santo te diz hoje: "Não tenha medo Eu estou contigo!" Amadoª, creia que você não está só, pois Deus diz que a onde você estiver ele estará contigo, Ele diz: "...Se passares pelos rios eles não te submergirão...se pelo fogo ele não te queimará, nem a chama arderá em ti. Porque Eu sou o teu Senhor, o teu Salvador o santo de Israel." Queridoª, não tenha medo,você pode estar passando por situações extremamente difíceis mas creia na promessa de Deus, creia que você não está só nesta batalha, Jesus disse: "Eis que estarei convosco todos os dias, até a consumação dos séculos."(Mateus.28.20)
Queridoª, ainda que muitos tenham te desamparado, ainda que a tua mãe tenha te desamparado, o Senhor nosso Deus te diz: "Eu não te desampararei, Eu não me esquecerei de ti porque Eu te escolhi." Amadoª, o medo é algo normal no ser humano, os grandes personagens bíblicos tiveram medo, Moisés, Elias, Jeremias, etc; mas o que não podemos deixar é, que o medo nos paralise e nos impeça de avançar, de tomar posse daquilo que queremos, não podemos deixar que o medo tome o lugar da nossa fé, se deixar-mos que o medo nos domine, ele vai tomar o lugar da nossa fé, pois vamos olhar para as circunstâncias e deixaremos de olhar para Jesus e consequentemente afundaremos e perderemos a batalha.
Se isso está acontecendo com você, pessa a Deus que te liberte desse medo, porque o verdadeiro amor, que é o nosso Deus, lança fora todo o medo; e siga em frente, assuma o seu ministério e abra a sua boca que Deus à encherá, prossiga nesta batalha, persevere pois você não está só, Deus é contigo e Ele garante a sua vitória, pois você é um escolhidoª Dele e por isso você já é um vencedor, uma vencedora em nome de Jesus.

Que Deus te abençoe abundantemente em nome de Jesus!

Mensagem iluminada pelo Espírito Santo.
Em: 06/05/2011.
Autora: Sandra Moura.

29 de abril de 2012

VENCENDO O SEU GIGANTE






Introdução 
Quantas vezes recuamos irmãos diante de situações difíceis? Simplesmente pelo fato de termos medo.
Às vezes nos achamos pequenos demais para enfrentarmos os gigantescos problemas que surgem à nossa frente e ficamos sem saber o que fazer, aí vem o sentimento de derrota, de frustração, de desânimo, de medo etc.

Estes mesmos sentimentos estavam tendo os israelitas diante daquele problemão que se chamava Golias.
Não sabiam o que fazer, ninguém tinha coragem de lutar, o medo abateu-se sobre todos.

Golias era homem de guerra, valente, 3 mts. de altura, não temia nada. Era um situação desesperadora, os filisteus já estavam chamando os Israelitas de covardes.
Deus então usa a Davi para dar uma lição nos filisteus e no seu povo. 

Como podemos vencer o nosso gigante?

1). Você não deve fugir da luta - v.32: 

“...teu servo irá e pelejará contra este filisteu”.
Mesmo ameaçado pela derrota - Davi se colocou como servo de Deus e confiou na vitória.
Por mais que as circunstâncias sejam adversas, não podemos nos amedrontar, nem recuar, pois a vitória é certa.

Nosso Deus pelejará por nós - v. 37: “O SENHOR me livrou da mão do leão e da do urso; ele me livrará da mão deste filisteu”. (depositou toda sua confiança em Deus).

Ex. Os Israelitas diante do Mar Vermelho.
Hoje será você!!

2). Você não deve aceitar a derrota e o desprezo.
O texto diz (v.42-44) que o filisteu desprezou a Davi, desdenhou e caçoou dele...
Amado, mesmo que tudo indique o contrário, não podemos desistir. (Deus não se prende à aparências).

Quem era Davi para enfrentar Golias? (só foi aceito porque ninguém queria).
Todo o povo de Israel já estava com semblante abatido de frustração, de derrota (já estavam aceitando a derrota).
Ex. 10 dos 12 espias.

3). Você não deve tentar vencê-lo com a própria força
Diz o v.45 que “Davi, porém, disse ao filisteu: Tu vens a mim com espada, e com lança, e com escudo; porém eu vou a ti em nome do SENHOR dos Exércitos, o Deus dos exércitos de Israel, a quem tens afrontado”. 
Davi foi a peleja não confiando na sua própria força ou capacidade, mas confiando na força do Senhor.

Será que a força de Davi era suficiente para derrubar o gigante?
Declare a vitória como Davi o fez - nada pode resistir você quando você vai na força do Senhor.

4). Você não deve querer inventar.
Devemos usar o que temos (Davi tinha uma funda e algumas pedras).
Quiseram que ele colocasse uma armadura que não era próprio d´Ele, não era para ele.
Estavam dificultando ao invés de facilitar.

Deus fala: "Abra a tua boca e eu ta encherei.” Em outras palavras: "Tenha ânimo, disposição e eu te ajudarei."

Concluir 
Hoje, se passou no seu pensamento recuar por causa de algum problema, nesta hora, Deus lhe diz:
Você não deve recuar.
Você não deve aceitar a derrota ou o desprezo.
Você não deve tentar vencê-lo na própria força.
Você não deve inventar nada, simplesmente diga: “Confio em Deus, o Senhor poderoso dos exércitos! 

Pr Carlito Paes

28 de abril de 2012

Jotta A




A noite chegou, eu estou a clamar
O medo chegou, eu estou a chorar
Mas tua palavra diz: "o choro pode uma noite durar, e pela manhã a alegria virá"
Mas, senhor, a noite é longa
E demora a passar, e os meus inimigos estão a zombar de mim
Porém, olho para o céu, de onde me virá o socorro
Então, ouço a tua doce voz a me acalmar:
Eu estou contigo, não te deixarei
Durante a noite, tua voz ouvirei
Passo a noite contigo pra te guardar
E, pela manhã, minha promessa em tua vida se cumprirá
Eu sou o Deus do dia, o Deus da noite e da madrugada
Eu sou o teu abrigo, estou contigo
Não te deixarei

26 de abril de 2012

Campanha: Oferta Consciente

A Paz do Senhor Hermanos e Hermanas, mais uma vez levantamos a nossa voz contra a injustiça, durante algum tempo comecei a estudar mais sobre diversos assuntos e o mais polêmico deles foi 'Dizimos e ofertas' Sim, a temida história do Devorador, o demônio que só era impedido de destruir a vida das pessoas se estas dizimassem, a lenda de ser obrigado dizimar e ofertar para ser considerado verdadeiro cristão, mas hoje queremos destacar algo que chega a incomodar mesmo que não aconteça em nossas igrejas locais, onde congregamos, mas acontece em outros lugares com os nossos irmãos, o ato de Ofertar sem consciencia.

As nossas ofertas que deveriam ser para ajudar o necessitado, ou seja, dar assistência a quem realmente precisa se tornaram simplesmente uma geradora de conforto na igreja, ao invés de se juntar alimentos e formar uma cesta básica e daí doar para alguma família pobre, se gasta dinheiro com cadeiras exageradamente confortáveis, isso não é injusto? O problema é que quem oferta e dizima quer o retorno de suas ações, o que é bem egoísta (isso falo por que já agi assim) Por que se o cara não pensa que aquele dinheiro que ele entregou na igreja está ajudando pessoas que verdadeiramente precisavam e passa o tempo inteiro reclamando "Cadê minha cadeira confortável? Essa igreja num tem ar condicionado, o que o pastor faz com meu dinheiro?" Ainda se considera um Cristão? Não deveríamos amar o nosso próximo incondicionalmente mesmo que suprir as necessidades dele venha antes de realizar nossos desejos pessoais? Mas o fato é que muitos "pastores" se aproveitam desse egoísmo e ignorância dos membros para cobrar dízimos e oferta e não ajudar os necessitados, mas trazer conforto não só pra a igreja como tambem para sua casa, não pregam o "espalhar o Amor" mas o "Trabalhem, recebam e ofertem em dinheiro", isso tudo contribui para a injustiça que tanto lutamos contra, nada de lutar contra pessoas, elas podem ser injustas mas não incorrigíveis. Temos que gritar: "Igreja, Pare de gastar dinheiro com o que não vale a pena e invista esse dinheiro no ajudar o próximo", mas queremos dar outra alternativa motivadora a ajudar o próximo, ao invés de ofertar em dinheiro, substitua por UM KG DE ALIMENTO NÃO PERECÍVEL ou TODA QUALQUER FORMA de AJUDA SOCIAL a quem
 REALMENTE PRECISA.

- Temos a consciencia de que a igreja tambem tem contas a pagar então fique por dentro de quanto tem sido arrecadado pelo seu lider e como tem sido gastado todo esse dinheiro, não seja bobo e deixe que eles façam o que querem, seja um Cristão e faça a diferença! - 

Por Felipe Henrique

22 de abril de 2012

HOJE É TEMPO DE SER FELIZ!


A vida é fruto da decisão de cada
momento. Talvez seja por isso, que a
idéia de plantio seja tão reveladora
sobre a arte de viver.
Viver é plantar. É atitude de constante
semeadura, de deixar cair na terra de
nossa existencia as mais diversas
formas de sementes.
Cada escolha, por menor que seja, é
uma forma de semente que lançamos
sobre o canteiro que somos. Um dia,
tudo o que agora silenciosamente
plantamos, ou deixamos plantar em
nós,será plantação que poderá ser
vista de longe...
Para cada dia, o seu empenho. A
sabedoria bíblica nos confirma isso,
quando nos diz que "debaixo do céu
há um tempo para cada coisa!"
Hoje, neste tempo que é seu, o futuro
está sendo plantado. As escolhas que
você procura, os amigos que você
cultiva, as leituras que você faz, os
valores que você abraça, os amores
que você ama, tudo será
determinante para a colheita futura.
Felicidade talvez seja isso: alegria de
recolher da terra que somos, frutos
que sejam agradáveis aos olhos!
Infelicidade, talvez seja o contrário.
O que não podemos perder de vista é
que a vida não é real fora do cultivo.
Sempre é tempo de lançar sementes...
Sempre é tempo de recolher frutos.
Tudo ao mesmo tempo. Sementes de
ontem, frutos de hoje, Sementes de
hoje, frutos de amanhã!
Por isso, não perca de vista o que
você anda escolhendo para deixar
cair na sua terra. Cuidado com os
semeadores que não lhe amam. Eles
têm o poder de estragar o resultado
de muitas coisas.
Cuidado com os semeadores que
você não conhece. Há muita maldade
escondida em sorrisos sedutores...
Cuidado com aqueles que deixam cair
qualquer coisa sobre você, afinal,
você merece muito mais que
qualquer coisa.
Cuidado com os amores
passageiros... eles costumam deixar
marcas dolorosas que não passam...
Cuidado com os invasores do seu
corpo... eles não costumam voltar
para ajudar a consertar a desordem...
Cuidado com os olhares de quem não
sabe lhe amar... eles costumam lhe
fazer esquecer que você vale à pena...
Cuidado com as palavras mentirosas
que esparramam por aí... elas
costumam estragar o nosso
referencial da verdade...
Cuidado com as vozes que insistem
em lhe recordar os seus defeitos...
elas costumam prejudicar a sua visão
sobre si mesmo.
Não tenha medo de se olhar no
espelho. É nessa cara safada que você
tem, que Deus resolveu expressar
mais uma vez, o amor que Ele tem
pelo mundo.
Não desanime de você, ainda que a
colheita de hoje não seja muito feliz.
Não coloque um ponto final nas suas
esperanças. Ainda há muito o que
fazer, ainda há muito o que plantar, e
o que amar nessa vida.
Ao invés de ficar parado no que você
fez de errado, olhe para frente, e veja
o que ainda pode ser feito...
A vida ainda não terminou. E já dizia o
poeta "que os sonhos não
envelhecem..."
Vai em frente. Sorriso no rosto e
firmeza nas decisões.
Deus resolveu reformar o mundo, e
escolheu o seu coração para iniciar a
reforma.
Isso prova que Ele ainda acredita em
você. E se Ele ainda acredita, quem
sou eu pra duvidar... (?)
Pe Fábio de Melo

20 de abril de 2012

Henrique, O Encontro com Jesus



Paz do Senhor hermanos e hermanas, peço que prestem bastante atenção na história.

Um garoto chamado Henrique perde a mãe aos 7 anos, o pai já não lhe trata como filho, até parece que já nem liga mais para o garoto, e é assim que Henrique passa a infância e juventude solitário enquanto seu pai vira noites e noites nas tabernas e bares da cidade... Henrique vai crescendo com um sentimento dentro de si que dizia que havia uma guerra a ser lutada e que ele tinha que se preparar.

Henrique era diferente dos outros garotos da cidade, enquanto os outros se divertiam pregando peças nos mais velhos, Henrique estava sempre disposto a ajudar quem precisasse, sem cobrar, era um jovem audacioso, sagaz

Um dia Henrique viu um velho com várias sacolas pesadas e ofereceu se para ajudar, o velho aceitou, e assim Henrique conheceu o mestre, sim, mestre porque aquele senhor ensinava defesa pessoal, Henrique achou uma boa treinar para a guerra que estava por vir, e passou 8 anos treinando com o mestre.

Aos 23 anos Henrique era tão bom quanto o mestre, quis entrar para o exercito do reino e conseguiu, era odiado por todos lá somente por ser um ótimo lutador, isso o destacava, alcançou respeito dos nobres, e passado 10 anos se tornou um cavaleiro real, aquele que não precisava de permissão de nenhuma autoridade militar, ele dava ordens agora, durante esses 10 anos Henrique tinha ajudado o seu país a conquistar duas nações, tinha tudo para estar satisfeito, afinal de contas a guerra que estava por vir, veio, e ele saiu sobrevivente e vitorioso.

Henrique não tinha percebido como o tempo passou tão rapido, já era um homem feito, só que sentia que faltava alguma coisa em sua vida, e sua consciencia estava tão pesada que ele não estava aguentando mais morar naquela cidade. Avistou seus dois amigos que não falava a muito tempo, aqueles dois eram irmãos gemeos cegos, quis "brincar" mas já não lembrava mais o nome deles, se sentiu muito mal por ter mudado, será que foi a guerra que o mudou?

Henrique foi falar com o mestre, fazia tempo que não passava por lá e talvez o mestre poderia responder algumas perguntas que nasceram ao passar do tempo, o mestre estava na varanda sentado em sua cadeira de balanço, Henrique chegou sorrindo lembrando da primeira vez que entrou naquele lugar, o mestre ficou curioso sobre a guerra, sobre o desempenho de Henrique, e depois que Henrique contou da ultima conquista  do rei, uma nação inteira destruída, o mestre o olhou fixamente e perguntou como se sentia, Henrique não quis esconder nada e disse o quanto estava decepcionado consigo mesmo, aquela nação nunca fez nada contra ele, e mesmo assim ele ajudou a destruir tudo, o mestre passou um sermão de meia hora sobre para o que foi treinado, treinado para se defender e matar, disse que Henrique era uma arma mortal, que ninguem em todo o reino lutava tão bem quanto Henrique mas nada daquilo estava ajudando no momento, a conversa se encerrou quando o mestre disse: "Ouça o que diz teu coração"

Henrique agradeceu ao mestre por todos os conselhos e disse que precisava pensar um pouco e ficar sozinho, as palavras do mestre não faziam tanto sentido, ouvir o coração? Ele estava clamando por sangue, por mais mortes, o coração de Henrique se acostumou aos gritos das mulheres desesperadas de cada lugar em que ele passava matando, mas a sua consciência pesava cada vez que ele pensava em voltar a guerra.

Henrique estava chegando em casa quando viu um homem diferente naquela cidade, um homem usando vestido, achou engraçado e se aproximou do homem perguntando se ele estava perdido, o homem o olhou alegremente e disse: "Não, mas você está perdido." Como assim Henrique estava perdido? Ele morava ali a tanto tempo e um estranho diz que ele estava perdido, quis responder com ignorancia mas o homem parecia não estar atrás de confusão, apenas ficou observando o homem segurando uma cajado como se fosse um pastor de ovelhas andando pelo caminho, Henrique se lembrou de quando era criança quando via alguem precisando de ajuda sempre se oferecia para ajudar, mas perdeu esse costume ao passar do tempo, então serntiu uma enorme vontade de oferecer ajuda... o homem parou de andar olhou para trás e disse que era um Rei de um reino muito distante, então Henrique falou que o levaria até os nobres, ao palacio para que aquele Rei pudesse desfrutar dos confortos reais, mas o homem não aceitou, antes pediu para ficar na casa dele, Henrique ficou chocado ao ouvir que um rei preferiria ficar com os camponeses do que ficar com os nobres, mas o levou até sua casa.

Naquela noite Henrique teve pesadelos com as mortes que ele presenciou na guerra, levantou assustado, se vestiu, montou no cavalo e foi para as montanhas pensar, aquelas montanhas faziam a divisa entre um reino e outro, Henrique pensou que estava na hora de mudar de vida, de fugir e trocar de identidade, ele poderia ser quem ele quisesse, esconder seu passado de si mesmo e de outras pessoas, enquanto pensava isso ele se aproximava da montanha, antes de chegar na montanha tinha um rio bem raso, tão facil de fugir, mas quando ele chegou a beira do rio a correnteza ficou muito forte, se ele tentasse passar seria arrastado com seu cavalo, então voltou...

Como aconteceu aquilo? Estava tão fácil de fugir e de repente, bom, seu pensamento foi interrompido por uma multidão de pessoas gritando alegremente Aleluia! Desceu do cavalo e perguntou para um rapaz o que estava acontecendo ali, não pôde acreditar no que ouviu, aquele rei usando vestido fez muitos milagres e maravilhas naquele lugar, então Henrique quis ver o homem imediatamente, quase caiu do cavalo quando viu os irmãos gemeos que eram cegos correndo atrás do cachorro de estimação, aquele homem estava embaixo de uma figueira e em volta dele estava uma multidão o ouvindo falar, Henrique parou diante dele e perguntou quem ele era, o homem se levantou e disse que era Jesus de Nazaré, isso fazia muito sentido, o vestido que usava era próprio do povo de Israel, mas se ele era Rei, não poderia ser Rei de Israel já que aquele território estava tomado pelos romanos, então perguntou se Ele era rei de Israel, Jesus olhava para Henrique tão fixamente que parecia que conseguia enxergar o intimo dEle, Henrique perguntou a respeito dos milagres, por meio de que eram realizados, então quando Jesus respondeu que eram feitos por meio do Deus verdadeiro, Henrique olhou para a estatua gigante que ficava na entrada da cidade, apontou para ela e perguntou se era aquele deus, Jesus disse que não, que aquilo era uma estatua sem valor.

As pessoas tinham ouvido tanta sabedoria saindo da boca de Jesus até Henrique chegar, logo vieram alguns guardas do reino para pegar Jesus, se espalhou na cidade que havia outro rei pregando sobre outro Deus, Henrique mandou que os guardas o largassem, disse que ele mesmo falaria com o rei, Jesus se sentou e chamou Henrique pra mais perto, quando Henrique estava um pouco mais próximo Jesus falou que veio para aquela cidade por um proposito, veio para salvar Henrique, disse que conhecia o caos que está sua cabeça e que se Henrique deixar, o Deus verdadeiro pode aliviar, então Jesus disse: "Vinde a mim os cansados e os oprimidos e eu os aliviarei" isso fez com que Henrique chorasse, a tanto tempo que o cavaleiro se sentia cansado e ninguem o entendia, tantas vezes tentou fugir da cidade e não conseguia, Jesus o entendeu perfeitamente e disse: "Ouça com o teu coração mas não dê ouvidos a Ele"

Henrique se levantou, sua consciencia estava leve e ele se sentia novo em folha, subiu no cavalo e foi para o castelo do rei, as palavras de Jesus eram fortes demais e fazia sua alma dançar de alegria, ele estava tão impactado que achou que não conseguiria falar com o rei direito. Mal entrou na presença do rei e o próprio rei veio recebe lo na porta aparentando estar com muito medo, na real estava mesmo, desde que Jesus chegou só se ouvia falar de seus milagres e de sua sabedoria, o rei ficou sabendo que Jesus passou a noite na casa de Henrique e ficou com medo de que o cavaleiro real não tivesse mais lealdade ao ele...

Henrique se esquivou das mãos do rei, ficaram se entre olhando e Henrique sabia que tinha que dizer alguma coisa, a voz de Jesus ecoava em sua cabeça "Ouça com o coração mas não dê ouvidos a ele" Então Henrique seguiu este conselho do novo e verdadeiro Mestre Jesus, sua consciencia dizia para não voltar a guerra, poiis a verdadeira guerra era dentro de si, o caos que estava sua cabeça tinha ido embora quando Jesus falou do verdadeiro Deus, então pela primeira vez Henrique tinha certeza do que fazer, disse que não queria mais voltar a guerra, e que a partir daquele momento estava deixando seu cargo de cavaleiro real.

O Rei soltou uma gargalhada tão horrivel que até os conselheiros do rei ficaram com medo, o rei era um homem ambicioso, desde que estava sob o poder procurou apenas conquistar territorios, nunca se importou com o povo, mas Henrique não esperava que o rei fosse se importar com a saída dele de tal cargo.

O Rei disse para Henrique que ele não poderia escolher o que fazer, ele não tinha escolhas, ele servia ao rei, e morreria servindo ao rei, não fazia sentido, do que adiantava ter tanto previlegio como cavaleiro real se não tinha a própria liberdade de suas escolhas? O Rei deixou bem claro que se ele saísse pela porta, estaria morto, mas Henrique já não tinha mais medo e saiu do castelo.

Jesus estava vindo ao seu encontro, Henrique o abraçou e perguntou o que tinha que fazer para ser salvo? Jesus apenas disse, você está fazendo, creia no verdadeiro Deus e seja salvo, nessa hora dois guardas cavalgavam com suas espadas para matar Jesus e Henrique, foi então que uma voz se ouviu dos céu dizendo: "Este é meu filho amado que eu glorifico no céu, na terra e debaixo da terra" a estatua do falso deus que ficava na entrada do reino se partiu em várias partes, e todos glorificavam a Deus, os guardas desceram dos cavalos e corriam até Jesus para adora lo, um se prostrou diante de Jesus, o segundo não conseguiu chegar até Jesus, pois o rei tomado por inveja de Jesus lançou uma flecha e acertou o guarda que caiu no chão e foi se arrastando dizendo "Jesus, Jesus" Então o Senhor disse:

"Não temas, a morte não é o fim, hoje mesmo estará comigo em meu reino"

Aquele guarda adormeceu e o rei veio em direção a Jesus mas não o pode fazer nada, Henrique começou a repetir "Eu te aceito Jesus, como meu Senhor e Salvador" sem parar, de alguma forma, aquele rei ambicioso pelo poder e controle da vida de Henrique sabia que era tarde demais.

Na realidade isso tudo aconteceu dentro de uma mente, isso tudo aconteceu espiritualmente, com um cara chamado Felipe Henrique, que passou a vida toda se preparando para a guerra errada, só quando conheceu Jesus é que descobriu que a verdadeira guerra é intima, é interior, é entre a carne e o espirito, é contra o diabo e seus demônios, só depois que aceitou Jesus como Senhor e Salvador foi que realmente estave livre. 

"Pode abrir os olhos filhos meu, agora ide e pregai o evangelho a toda criatura"

Por Felipe Henrique

17 de abril de 2012

Off-line para Deus

Há momentos em nossa vida em que parece que tudo se perdeu, a gente não vê mais nada!


Até parece que o Espírito Santo de Deus nos deixou, se afastou de nós! Nos sentimos orfãos... A nossa volta está tudo tão igual, mas há algo corroendo dentro de nós e isso quer explodir.

Quando a voz de Deus se cala, e nem orar sabemos mais...
As palavras pronunciadas parecem até hipócritas, mentirosas...

Sentindo que a melhor coisa a fazer é ficar calado, no silêncio.

São nesses dias que tudo nos sobreveêm, más notícias, mudanças radicais, prova de fogo, situações extremistas...

Deus não fala, e ninguém a nossa volta pode nos dar a resposta... E aí [?]
O que a gente faz [?]

Ovelhas perdidas, sem Pastor... Toda a teoria, tudo o que foi dito nos cultos pelo pastor, perderam a importância, naquele momento tão doloroso, nos sentimos só, e não há respostas para as nossas perguntas...

Era assim que eu estava me sentindo esses dias, vazio, sem motivação & disposição, sem absolutamente nada que me encorajasse
a seguir em frente...

Foi quando percebi que a causa disso tudo era eu, a culpa não era das pessoas, nem do pastor e muito menos de Deus.

Eu estava ' Off-line para Deus '.

Busquei tantas coisas, que não percebi que estava correndo atrás do vento, buscando a minha vontade, o que eu achava estar correto...

Quando me percebi estava fraco, desanimado, totalmente desligado das coisas que me levavam para perto do Pai. Me levantava quando ouvia uma pregação ungida, Deus falava comigo, mas outrora estava eu novamente caído pelo caminho... me vi assim várias e várias vezes.

Pensava comigo "Meu Deus" preciso de um toque seu, um milagre!

Deus, é supremo e Poderoso, se Ele quisesse podia num estalar de dedos mudar meus pensamentos... Deus teria que me despertar! Mas não é essa a posição que Deus nos chama, Cristo já pagou o preço... Ele não tem que correr atrás de acordar ninguém, apesar da Sua misericórdia superar isso... Nós é que temos de nos aperceber quando alguma coisa está indo mal... A presença do Espírito Santo nos diz quando há algo errado... daí cabe a nós nos rendermos a Ele.

Por isso, se você também estiver nessa posição, desanimado, sem direção e sem resposta, lembra-te que Teu Pai é justo, e Ele não desempara um coração contrito e rendido a Sua presença, se arrependa e mude de atitude, porque de nada vai valer o seu grande arrependimento se suas atitudes forem as mesmas.

P.S.: Uma vez no pecado a casa fica suja, é necessário fazer uma faxina para Deus voltar a habitar novamente em nós. Essa faxina implica em nos livrar-mos de tudo que foi contaminado pela sujeira, deixar os velhos hábitos para não contaminarmos mais o que foi restituído pelo perdão de Deus em nós.

Se Deus lhe perdoa então não há motivos para você não se perdoar.

"Não há palavra que convença um ouvido que crê mais nas mentiras do diabo do que no perdão de Deus." Ivan Rosário

"O Senhor firma os passos do homem, sustenta aquele cujo caminho lhe agrada." Sl 37:23

Retirado do blog Interessantte (acessa aew, vai)
Abraços...

14 de abril de 2012

Antes de Fazer a Comunhão dos Bens, Faça a Separação dos Males




(Ouvi essa frase hoje pela manhã da Psicóloga Lígia Guerra) .

Queridos quando nascemos não escolhemos nossos pais, mães, irmãos, nem sequer escolhemos nossa posição social, não escolhemos nossos padrões e estilo de vida que teremos....

Mas penso que ao casarmos escolhemos de fato tudo isso! Mas é claro que isso parte de uma análise muito racional e amadurecida.





Escolhemos o parceiro pra uma vida toda!

Olhamos praquele olhar e ele nos cativa, nos toma pela mão! Por isso é uma escolha muito díficil e requer tempo de conhecimento e de coragem pra se dar um passo tão definitivo.

Com minha experiência, posso afirmar que ao perdemos pai, mãe, avós e até mesmo filhos isso nos doa de uma tal forma muito singular, mas foram pessoas que Deus e a natureza nos deram! Mas quando perdemos nosso cônjuge é uma dor maior porque fomos nós quem escolhemos, nós os trouxemos para junto de nós e escolhemos amar e passar o resto dos nossos dias com ela.


Você já reparou que a cada dia as coisas estão mais curtas e mais rápidas, confundimos relacionamentos com redes sociais e aí que mora o perigo...

Não apresse o conhecimento!

Não pule etapas!

Permita-se conhecer e ser conhecida!

Permita-se namorar, noivar e casar, ainda que lhe pareça muito antiquado, mas é o unico caminho que conheço para se conhecer uma pessoa e analisar friamente o futuro que terá ao lado dela.

Esses dias assistindo a um programa de relacionamentos bem popular, até não gosto muito, mas o tema era sobre maridos que agrediam as esposas, achei interessante o tema, resolvi assistir... As moças que lá estavam se queixando, diziam que muitas vezes tiveram que baixar na delegacia e tudo.

Mas ao serem questionadas sobre se no tempo do namoro eles agiam dessa forma, pasmem os senhores leitores, mas a resposta das meninas foi que elas na verdade não namoraram, trouxeram ou foram morar com o cara na primeira semana e primeiro mês de namoro...

É muito bom quando encontrarmos o homem ou a mulher dos nossos sonhos, mas não podemos saber no primeiro mês e até no primeiro ano se ele (a) realmente é!

Antes de entrar num casamento análise bem os prós e os contras!

Leve em consideração o caráter da pessoa!

Se eu pudesse dar um conselho:

Eu diria: Case-se com um amigo, pois no dia que um dos dois adoecerem, não existirá sexo, mas as conversas sempre permanecerão!

A vantagem de se casar com um amigo é que o respeito sempre prevalece!

Não case com quem te faz mal! Te agride, te deixa pra baixo, no casamento isso vai piorar!

Aposte no relacionamento onde os dois cresceram, ou crescem juntos, onde não haja competição entre os dois, mas onde um se alegra com o sucesso do outro!

Veja se ele (a) te transforma no melhor, extrai de ti o melhor!

Penso que às vezes fazer uma lista franca das qualidades e defeitos no outro, nos faz sermos francos conosco e sermos claros se queremos ou não pagarmos o preço de conviver com a pessoa!


É melhor ser um solteiro frustrado do que um casal frustrado, pode ter certeza!

Di Luz Pockrandt


Amar não é aceitar tudo. Aliás: onde tudo é aceito, desconfio que há falta de amor.

Vladimir Maiakóvski

Amor não é se envolver com a pessoa perfeita, aquela dos nossos sonhos. Não existem príncipes nem princesas.Encare a outra pessoa de forma sincera e real, exaltando suas qualidades, mas sabendo também de seus defeitos.O amor só é lindo, quando encontramos alguém que nos transforme no melhor que podemos ser.

(Autor Desconhecido)

Texto: Di Luz Pockrandt

9 de abril de 2012

“O que mais te surpreende na Humanidade?”

Perguntaram ao Dalai Lama…- “O que
mais te surpreende na Humanidade?”
E ele respondeu:
- “Os homens… Porque perdem a
saúde para juntar dinheiro, depois
perdem dinheiro para recuperar a
saúde.
E por pensarem ansiosamente no
futuro, esquecem do presente de tal
forma que acabam por não viver nem
o presente nem o futuro.
E vivem como se nunca fossem
morrer… e morrem como se nunca
tivessem vivido.

E você o que te surpreende na humanidade?

Abraços, paz e graça!
Daniii Oliveira