Social Icons

8 de janeiro de 2012

“Eu busco a Ti Deus de força, prostro-me diante de Ti na minha tristeza. Nenhum outro rei viria com tanta humildade para salvar minha alma e curar meu coração”



E esses momentos em que a vida perde o sentido e tudo o que você acredita parece estar indo embora ao largo, te deixando flutuando em meio às dúvidas, em que nada mais te faz sorrir e você se sente pressionado por algo que não se pode ver, é que tudo começa a fazer sentido. Você consegue enfim, enxergar que a vida não existe longe dEle. Você pode ver o quanto é pequeno e dentro de si não há nada que seja bom, pois nem você mesmo consegue segurar a angústia desses momentos longe do Criador. Mas existe um gemido. Um gemido lá no fundo da alma, no meio dos amigos, na praça de alimentação do shopping, ao olhar pra aquilo tudo e ufa! Encontrar um sentido. Lembrar que existe e que você já viveu o que há de melhor nesse mundo. E você finalmente aprende, que o que te traz contentamento e te preenche por dentro não são bens materiais, não são conquistas monumentais. Não é sua nota no vestibular, seu saldo no banco ou sua viagem pra Europa. Você entende finalmente que o que sua alma gemia e clamava desde o dia que veio ao mundo, era de saudade. Saudade de casa. Saudade do Pai. Saudade de Deus. Você reconhece finalmente que se for pra viver nesse mundo sem Deus, então é melhor não viver. E o “viver é Cristo e morrer é lucro” começa a ganhar finalmente sentido. Você consegue sentir? Você consegue perceber o que se passa em meu coração agora? Talvez você não esteja com uma música do Hillsong ao fundo, mas por dentro, talvez você possa estar da mesma maneira. Reconhecendo que, desesperadamente, precisa do Rei da Glória.
Reconhecer que meu Rei se fez como homem, o Criador do Universo e de TUDO que nele existe, se fez como sua própria criação e se enfiou em nosso meio sujo e estragado pra poder mudar as coisas. Mudar catastroficamente as coisas. E Ele veio em condição humilde. Só pra mostrar a mim e a você que nós não precisamos ter o carro do ano para sermos felizes e realizados. Só pra mostrar que a riqueza não é o que importa, e sim fazer a vontade do Pai. Só pra mostrar que nem um travesseiro importa! Pois Ele não tinha nem onde encostar a cabeça. E Ele veio humilde, pobre, nasceu em condições precárias, morreu a morte mais maldita de todas, só pra salvar a minha alma e curar meu coração. ELE, o Rei da Glória, que tem todas as riquezas, que mora no Céu, que tem todas as pedras preciosas que quiser, todo o ouro, toda a maravilha que encheria os olhos de qualquer um, esse Deus nos deu um banho de humildade, ao vir ao mundo tão pobre, ser rejeitado e humilhado, só pra SALVAR VOCÊ E A MIM. Só pra isso. E então a gente consegue entender que o que precisamos não é de riquezas, dinheiro, o melhor em tudo. Não precisamos pregar discursos de que os filhos de Deus têm que ter o melhor dessa terra, não. Os filhos de Deus têm que ter o que precisam, e tudo o que precisam é ELE. Precisam de riquezas espirituais e não materiais.
Jesus, o Salvador veio humildemente a essa Terra, só pra mostrar a mim e a você que Ele nos ama e que na verdade, Ele não é um Deus turrão, metido ou que não se mete com a vida dos seres humanos. Mas que é um Deus que mesmo em toda Sua grandeza e majestade, escolheu se mostrar a nós e ensinar que mesmo em toda Sua grandeza, a sua essência é a mais simples e transformadora possível: o amor.

A criação clama pelo Criador, as almas vazias choram por algo que as preencha. Já fomos encontrados, preenchidos e impactados. Agora é hora de levar a mensagem do amor, libertar os cativos, anunciar a salvação e viver o amor Daquele que nos amou primeiro.
“O Espírito do SENHOR Deus está sobre mim, porque o SENHOR me ungiu para pregar boas-novas aos quebrantados, enviou-me a curar os quebrantados de coração, a proclamar libertação aos cativos e a pôr em liberdade os algemados; a apregoar o ano aceitável do SENHOR e o dia da vingança do nosso Deus; a consolar todos os que choram a pôr sobre os que em Sião estão de luto uma coroa em vez de cinzas, óleo de alegria, em vez de pranto, veste de louvor, em vez de espírito angustiado; a fim de que se chamem carvalhos de justiça, plantados pelo SENHOR para a sua glória.”
Isaías 61: 1-3

Twitter: @arlenekanaki

Nenhum comentário:

Postar um comentário