Social Icons

20 de outubro de 2011

A Fé Da Mulher Do Fluxo De Sangue...




"Ouvindo falar de Jesus, veio por detrás, entre a multidão, e tocou na Sua veste. Porque dizia: Se tão-somente tocar nas suas vestes, sararei" (Marcos 5:27-28).


Fecho meus olhos e imagino a dor daquela mulher que a teve por doze anos um fluxo de sangue, que foi repudiada pelos amigos e até mesmo pela familia. Naquele tempo ela considerada imunda e todos se afastavam. Com isso creio que seu sofrimento ficava ainda maior, pois já se passavam doze anos e nenhuma melhora. Certamente aquela mulher não acreditava mais em sua cura.


Mas ao mesmo tempo fecho meus olhos e  vejo o exemplo de fé daquela mulher, que deveria ser seguido por todos nós! "... sem fé é impossível agradar-Lhe" (Hebreus 11:6).


Seu coração se encheu de fé quando escutou que Jesus fazia milagres e curava. Ela não quis saber da multidão que iria enfrentar, do tanto que iria andar, da humilhação que passaria no caminho... Sua fé era maior do que tudo e todos! 


Foi quando ela enfrentou tudo e tocou nas vestes de Cristo, ELE então disse: "Quem tocou nas Minhas vestes?" (Marcos 5:30b). Ela então se jogou aos pés de Cristo e imagino que lhe contou sobre os anos de solidão, dor, do dinheiro gasto com tratamentos e da rejeição. 


ELE então, com amor de sempre não chamou aquela mulher de enferma, de pecadora ou coisa parecida, mas de filha! Filha, a tua fé te salvou" (Marcos 5:34).


Meu amigo leitor, eu não sei qual a sua dor, se a mesma é física, psicológica ou espiritual. Só sei lhe dizer que o mesmo Deus dessa mulher é o que servimos! O Deus que tem TODO o poder! 


E de acordo com esse evangelho puro e genuíno, não precisa de campanhas intermináveis, de lenços, banhos, rosas ungidas, ofertas de sacrifício...  Nada Disso! Como o próprio Cristo disse:Sua Fé! 


Que possamos exercitar nossa fé a cada dia... E termos a certeza que quando tocarmos nas vestes de Cristo atraves da nossa oração que dali saia virtude! Liberando cura, libertação e renovo! 


Esse é o nosso Deus: o mesmo ontem, hoje e eternamente!


Postou: Wagner Lemos

Nenhum comentário:

Postar um comentário