Social Icons

22 de outubro de 2011

GAGA IS OUR RELIGION - Seria referencia para nossos jovens e Adolescentes?

Para minha surpresa hoje nos TT's (assuntos mais comentados no Twitter) estava a Hastag GAGA IS OUR RELIGION (Gaga é nossa Religião).

E quando fiz um comentário o que não faltou foi ofensas por parte dos fãs brasileiros!


"Não erreis: Deus não se deixa escarnecer; porque tudo o que o homem semear, isso também ceifará" (Gálatas 6:7).


Com base no link da Wikipédia, vejam um pouco da trajetória da estranha figura à qual nos referimos:

==> Stefani é conterrânea de Lou Reed (nasceu em Nova York em 28/03/1986; portanto, acabou de completar 24 anos) e, de certa forma, também recebeu influências dele, pois sua música tem um pouco de rock.

==> Aos 11 anos, Stefani foi mandada para o para a Juilliard School, em Manhattan (bairro onde nasceu), mas na verdade começou a estudar no Convent of the Sacred Heart, uma escola católica privada.

==> Aprendeu a tocar piano aos 4 anos de idade, sendo que compôs sua primeira balada aos 13 e mais tarde já fazia apresentações.

==> Aos 17 anos de idade, ganhou admissão na Escola de Artes da Universidade Tisch, de Nova York. Lá, ela estudou música e aperfeiçoou sua habilidades de compor ao escrever dissertações e artigos analíticos focando em assuntos como arte, religião e organização sócio-política (alguém talvez pergunte após ler isso: "Tem certeza de que ela não é o Anticristo?).

==> Após abandonar seus estudos, Stefani assinou um contrato com a Def Jam aos 19 anos de idade, depois do produtor musical L. A. Reid ouvi-la cantar abaixo da entrada de seu escritório. Entretanto, ela diz que Reid jamais a conheceu, e depois de três meses, ela foi despedida da gravadora.

==> Stefani retornou para a casa do papai e da mamãe e começou a fazer apresentações no centro musical do sudeste de Nova York, acompanhada dos grupos Mackin Pulsifer e SGBand.

==> No início de sua carreira musical, Stefani começou também a desandar: já usava drogas e se apresentava em clubes burlesque (espécie de cabaré contemporâneo). Por causa disso, o pai da moça ficou sem olhar para ela durante alguns meses.

==> O produtor musical Rob Fusari, quem ajudou Stefani a compor uma de suas primeiras canções, comparou seu estilo vocálico com o de Freddie Mercury. Ele apelidou-a de Gaga por causa da canção “Radio Ga Ga”, do grupo de rock Queen. Ela começou a usar este apelido como seu nome artístico e a partir daí ficou conhecida como Lady Gaga.

Não preciso entrar em maiores detalhes a respeito do que ela aprontou depois de ter ficado famosa, até porque o texto da Wikipédia se limita apenas a relatar sua carreira. Pouco se sabe sobre o que levou Stefani a interessar-se por ocultismo, sexo promíscuo, entre outras abominações. Uma coisa pelo menos eu percebi: com a aposentadoria de Barbra Streissand, a comunidade GLS estadunidense certamente adotou Lady Gaga como sua nova musa.

Quanto aos efeitos do interesse dos jovens pela cantora, não será preciso esperar muito para nos depararmos com os efeitos do gagaísmo (uma espécie de "religião criada pelos "adoradores" de Lady Gaga) entre os meninos e meninas ao redor do mundo. Daqui a poucos anos, infelizmente, será muito comum vermos muuuuuitos pré-adolescentes e adolescentes homossexuais. Não será nenhuma surpresa se virmos meninos e meninas beijando-se na boca, esfregando-se e insinuando-se eroticamente não só nos primeiros anos do Ensino Fundamental, mas também na pré-escola. A pedofilia atingirá níveis catastróficos e muitas crianças trocarão os brinquedos por drogas, roupas provocantes e artigos de sex shop. "Mas ai das grávidas e das que amamentarem naqueles dias! (Mateus 24:19).

Essa nuvem negra que começa a surgir no horizonte por causa de pessoas como Lady Gaga (muitas outras como ela surgirão daqui para frente) é mais um sinal de que a volta de Cristo está próxima. "E, como foi nos dias de Noé, assim será também a vinda do Filho do homem" (Mateus 24:37).



Postou: Wagner Lemos

Nenhum comentário:

Postar um comentário