Social Icons

26 de agosto de 2011

Proibida a construção de igreja em rua com nome islâmico


INDONÉSIA (48º) - O prefeito de Bogor disse que tem uma nova razão para não permitir que a igreja de Yasmin, na Indonésia, reabra as portas. Segundo o prefeito, a igreja não pode ser construída no local, porque a rua em que o templo está tem um nome islâmico.


O prefeito de Bogor, Diani Budiarto, continua a desafiar as decisões do Supremo Tribunal da Indonésia e da Comissão de Justiça para a reabertura da igreja, disse o ministro dos Assuntos Internos do país, Gamawan Fauzi.

Segundo o ministro, não existem impedimentos para a construção da igreja, mesmo que a rua tenha nome islâmico.

Muhammad Mustofa, um clérigo muçulmano local, cujo pai é homônimo nas ruas, disse que não faz nenhuma objeção quanto à construção da igreja no local. Ele disse que as diferenças entre as religiões não são problemas novos e coisas semelhantes acontecem desde os tempos do profeta Maomé.

O porta-voz da igreja, Bona Sigalingging, disse que o raciocínio do prefeito de Bogor está mais uma vez errado, já que algumas igrejas estão em ruas com nomes islâmicos e mesquitas foram construídas em ruas com nomes cristãos.

Sigalingging disse que a igreja de Yasmin irá recusar utilizar qualquer espaço alternativo. A igreja quer continuar com a construção de seu templo.

“O problema é que o prefeito está indo contra a lei, contra a decisão do tribunal e contra a recomendação da Justiça. Ele também está violando normas da segurança jurídica. Nós, da igreja, queremos somente nosso templo.”


Tradução: Lucas Gregório



Fonte: Yahoo News

Nenhum comentário:

Postar um comentário