Social Icons

9 de novembro de 2011

ESPINHO, ESPINHO, MEU



Os porcos-espinhos são animais essencialmente solitários.

Diz a lenda que num dos invernos mais rigorosos que já houve na face da terra estes pequenos roedores quase foram extintos, pois, quando procuravam se aproximar para se aquecerem mutuamente, seus espinhos os feriam.

Eles tinham à sua frente dois caminhos:
a) O isolamento, com grandes possibilidades de morrerem congelados.

b) O ajuntamento, com a certeza dos sofrimentos causados pelos espinhos.

Obviamente, escolheram o ajuntamento, mas tiveram que aprender a "baixar a guarda" de seus próprios espinhos e a suportar as inevitávies feridas decorrentes da aproximação.

Dai suporte uns aos outros em amor. Efésios 4.2

- A convivência é dessa forma amados, quando nos aproximamos fatalmente encontraremos determinadas coisas que não nos agrada, mais as experiências compartilhadas, o verdadeiro amor que vem do céu nos faz enxergar que machucaduras são inevitáveis em nossa caminhada e que nelas aprendemos a sermos compassivos, persistentes, verdadeiros e acima de tudo aprendemos a desenvolver o verdadeiro amor que brota em nós através do Espírito Santo de Deus. Pessoas nos decepcionam isso é fato! Jesus é o alvo olhe para Ele e dessa forma você saberá como lidar com cada situação.

Te amo em Jesus!!

Deus abençoe a todos.

Tudo para glória do Senhor

Nando

Nenhum comentário:

Postar um comentário