Social Icons

28 de novembro de 2011

Ingratidão, lepra da alma

A bíblia relata em Lucas 17 a historia de dez leprosos, eram homens desprezados pela sociedade, rejeitados por seus familiares, andavam vagando por todos os lados, acomodavam-se em certos lugares até as pessoas perceberem a presença dos doentes imundos, e os expulsarem,  assim eram tratados os leprosos no tempo de Jesus, imundos, pecadores que estavam sendo castigados por Deus.
Porém, a bíblia diz que esses leprosos cruzaram o caminho de Jesus, e o que aconteceu? Tenho certeza que você sabe! Foram curados, porém a cura aconteceu de um modo diferente, eles estavam andando indo encontrar  o sacerdote que os iria examinar, e no meio do caminho eu acredito que um deve ter olhado pro outro e dito, “Ei, Jaãozinho, aquele machucado que estava no seu rosto sumiu! Olha e as feridas das suas mãos também sumiram, estamos curados”. Imaginem o alvoroço, os doentes, mal tratados pela sociedade foram curados.
Nove deles trataram de dar continuidade a vida, foram procurar suas esposas, suas famílias, pedir o patrão o emprego de volta, porém um voltou para se encontrar com Jesus, ele voltou para dizer a Jesus o quanto estava grato e diz a bíblia que ele voltou louvando a Deus, gritando alto, quem sabe até dançando. Ele estava com o coração cheio de gratidão, não conseguiria dormir sem ver aquele que lhe devolvera a esperança.
 Lucas 17:17-18 - Jesus disse: - Os homens que foram curados eram dez. Onde estão os outros nove?  Por que somente este estrangeiro voltou para louvar a Deus?
É amigo(a) Leitor(a), esse Jesus de quem eu falo conhece muito sobre ingratidão, Ele veio a terra pregar o amor, liberdade aos cativos, vistas aos cegos... e foi pregado em uma cruz, não posso dizer que seria diferente hoje, acho que não seria, as pessoas ainda estão ai cheias da semente da ingratidão, semente está que foi plantada por Satanás, desde o principio. Eu me pergunto sempre, como as pessoas podem ser tão ingratas, tão mesquinhas, Deus faz tanto por elas e elas não são capazes de agradecer, e o agradecer que eu estou falando aqui não são palavras, mas sim atitudes,  atitudes provam gratidão.
Deus te deu 365 dias, quantos destes você reservou para passar na presença d’Ele? Deu-lhe também um dia com 24 horas, quanto tempo você separou para Ele?
Por fim, no antigo testamento os homens demonstravam sua gratidão a Deus oferecendo a Ele algo em sacrifício, um boi, carneiro, cordeiro, bombinha e até uma rolinha, hoje ficaria complicado para fazer isso, mas se Deus me pedisse eu lhe daria uma baleia em sacrifício, porém não é isso que Ele deseja, ainda é necessário um sacrifício e este não é mais de animais, o desejo de Deus é, sua vida, Ele quer que você se ofereça para viver para Ele, só pra Ele.
 Romanos 12:1 Portanto, meus irmãos, por causa da grande misericórdia divina, peço que vocês se ofereçam completamente a Deus como um sacrifício vivo, dedicado ao seu serviço e agradável a ele. Esta é a verdadeira adoração que vocês devem oferecer a Deus.
  Se a maneira que Jesus encontrou de dizer que sou importante para Ele, foi dando sua vida por mim, por que eu não daria a minha por Ele. Rodolfo Abrantes
Autor: Pr. Junior Meireles - Facebook: Clique aqui - Twitter: Clique aqui - Blog: Clique aqui

Nenhum comentário:

Postar um comentário