Social Icons

8 de novembro de 2011

Ore pro Lagoa Grande do Maranhão, por favor.


Neste mês de dezembro estaria indo para São Paulo passar o natal com minha família e amigo, estava muito animado e feliz, pois um grande sonho se tornou realidade em minha vida conheci a família do meu pai, algo que eu nunca imaginei que pudesse acontecer e sempre sonhei com isso. Nos meus planos seria padrinho de casamento dos meus grandes amigos Binho e Anielli e depois um sonho de 24 anos se tornaria realidade todos os meus irmãos reunidos.
Porém senti do Senhor em não sair de Lagoa Grande do Maranhão, onde estou trabalhando na plantação de igrejas até depois do carnaval, confesso que chorei muito, mas disse ao Senhor que o mais importante seria fazer a Sua vontade e não a minha e se fosse pra eu ficar que fosse com alegria e não com lamentações.
Querido irmão ou irmã, desde o dia 3 de novembro (pois não sei que dia você vai ler este texto) tenho sentido uma grande angustia em meu coração, não porque ficarei na cidade e deixarei de realizar alguns planos. Mas sinto que esse sentimento de é de Deus. Sei lá, tenho orado mais que o normal e um dos meus pedidos é que eu tenha em meu coração os planos de Deus e não os meus e que o mais importante para mim é fazer a Sua vontade.
Sinto que tem algo segurando o crescimento desta igreja e algo impede as pessoas de seguirem a Cristo, a religiosidade aqui é terrível as pessoas nem dizem aceitar Jesus, mas falam entrar na crença. Algo, para mim, demoníaco, pois Deus nos liberta e não nos aprisiona em seitas.
Tem uma igreja aqui, evangélica, que proíbe as pessoas de fazer tudo, jogar futebol, andar de bermuda, as mulheres não podem raspar as pernas e outras coisas terríveis e eu sinto que isso assusta as pessoas, já que elas pensam que todas as Igrejas são iguais.
Outro fator que tem me preocupado também é o grande número de analfabetos e analfabetos funcionais, neste ultimo caso as pessoas que leem algo mas não conseguem entender.
Olha eu tenho vontade de orar todo o tempo, me da uma tristeza muito profunda em ver as pessoas nesta condição e para piorar essa semana tem uma tal de vaquejada e acontecem coisas terríveis lá, me disseram. As pessoas estão totalmente apáticas com relação a Cristo e eu tenho sentido esse peso em meu coração e conto com sua intercessão por essa cidade que já sofre tanto por causa de sua situação financeira.
Ore para que Deus me de forças e para que eu receba Dele uma estratégia para alcançar essas pessoas.
Um forte abraço.

Pr. Fernando Julião
Twitter: @pastorfj
Tel 99 3633 1036

Nenhum comentário:

Postar um comentário